fbpx
Menu fechado

Tipos de mídia: qual a mais adequada?

Fazer sua empresa alcançar o sucesso não é uma tarefa fácil. Tantas coisas para se pensar, se trabalhar, como contas, clientes. Mas conquistar objetivos e cumprir com responsabilidades acabam fazendo com que deixemos de lado uma pauta muito importante: a divulgação da marca. Quem acompanha nosso blog, já deve ter lido o post “Divulgação: saiba o que postar”, que dá dicas de como trabalhar a divulgação da sua empresa através do marketing digital.

Porém, quando chega a hora de divulgar sua marca na internet, você sabe responder qual canal reúne maiores chances de te ajudar a conquistar seus objetivos? Qual tipo de estratégia adotar para obter sucesso? Separamos aqui 3 exemplos de tipos de mídia e o que cada uma delas significa. Vamos lá!

Mídia Paga

A mídia paga é aquela que a empresa paga por um espaço em mídias apropriadas para promover sua marca. Neste processo a empresa investe, por exemplo, em campanhas pagas no seu perfil do Facebook ou trabalha a imagem de um “influencer digital” para alavancar a sua marca no mercado. Esse tipo de estratégia se utiliza de outras mídias que fazem o processo de engrandecer e ser base para sua empresa ter um nome forte e conquistar seus resultados. Porém, neste tipo de estratégia, a empresa não tem controle de operação, ou seja, se algo acontecer com a mídia escolhida, a marca não tem poder de mudar o panorama. É preciso saber utilizar muito bem esta “ferramenta” para ser assertivo em seus objetivos.

Se ainda não baixou nosso e-book gratuito, conheça algumas dicas úteis para o Instagram, mas que podem te ajudar também nesta análise em suas outras redes sociais.

Mídia Própria

A mídia própria, diferente da paga, é a mídia em que a empresa tem total controle de operação. Suponhamos que as principais redes sociais tenham ficado fora do ar por algum motivo, a sua empresa não tem o que fazer para que suas ações de marketing não sejam prejudicadas. Como nome já diz, a mídia própria é tudo que é produzido e idealizado pela empresa como textos relevantes de Blog, um Website ou um aplicativo.

Podemos incluir nesta modalidade até mesmo as listas de contatos, como telefones e e-mails que a empresa possui, pois, toda a audiência existente nos meios de terceiros podem se perder, mas quando você tem o contato direto do seu cliente, você está protegido. Os conteúdos e canais são de propriedade da empresa.

Mídia Conquistada

A mídia conquistada é aquela que faz a sua divulgação de uma forma espontânea, situação em que algo é realmente conquistado. Podemos citar como exemplos a viralização de um vídeo da empresa no Youtube, ou até mesmo comentários e compartilhamentos de seguidores em postagens feitas pela marca. O engajamento que sua marca alcança, acontece de uma forma natural, de maneira que seus clientes ou futuros clientes falem e defendam sua marca, tornando ela mais forte e bem vista.

Afinal, qual utilizar?

Recomendamos que se utilize uma estratégia utilizando sempre todos os canais que estiverem à disposição. Esta estratégia, no entanto, deve contemplar a criação da sua base própria, pois como afirmamos, nunca podemos garantir a estabilidade das plataformas de terceiros.

Primeiro crie campanhas pagas, tanto nas redes sociais quanto no Google Ads, que tenham capacidade de gerar uma lista de contatos coerentes. Ao mesmo tempo, tenha um site próprio, um blog, ou qualquer outro meio que garanta a sua autonomia. Além disso, saiba o que seu público consome e crie conteúdos que o farão interagir e compartilhar com seus pares.

Open chat
1
Fale conosco. Temos uma solução sob medida para sua empresa.
Powered by