fbpx
Menu fechado

A importância do online em tempos de quarentena

Nossa vida mudou radicalmente. Nossa forma de consumir mudou ainda mais. As pessoas não saem mais para comprar aquilo que vendemos. Em decorrência da pandemia e sua consequente quarentena, diversos pequenos negócios precisaram ou ainda precisarão se reinventar. O mundo que já vivia em função dos mais diversos recursos tecnológicos, se viu necessitado a mudar a forma que consome esta tecnologia e busca formas de utilizá-la em seu benefício.

Criatividade para vencer

A criatividade deve permear esta relação de alta demanda e pouca procura. O caminho ideal é propor novas maneiras para que enfrentemos este desafio, e um dos meios mais eficientes de cobrir essa deficiência é apelar ao online. Pequenas empresas que dependiam que o público visitasse seu espaço físico, por exemplo, passaram a recorrer ao delivery para criar novas demandas de consumo.

Se ainda não baixou nosso e-book gratuito, conheça algumas dicas úteis para o Instagram, mas que podem te ajudar também nesta análise em suas outras redes sociais.

O sistema de delivery sempre funcionou bem para empresas de comida e grandes redes de varejo. No entanto, pequenos empreendimentos estão conseguindo se sobressair e permanecer funcionando com a utilização deste meio. Pizzarias sempre entregaram seus produtos, mas minimercados e padarias não. Grandes confecções também vendiam online, mas as lojas de roupas do bairro não. Aplicativos de entrega de comida são populares, mas diminuem drasticamente as margens de lucro da empresa. Para se pensar.

Vendendo online

Não à toa, analisando o consumo durante o período da quarentena, percebemos um aumento significativo das vendas nas plataformas de ecommerce e marketplaces. Isso é bem fácil de interpretar: mesmo com poder aquisitivo reduzido, as pessoas têm necessidades que precisam ser supridas. Cabe às empresas buscarem uma boa solução logística para satisfazer tais necessidades do público.

Estar online, no entanto, não trata-se apenas de vender pela internet e entregar por delivery. Existem negócios que não tem esta opção. Uma agência de viagens ou um restaurante, por exemplo, que dependem de fatores externos, precisam ser ainda mais criativos. Muitos têm utilizado a estratégia da venda de vouchers, possibilitando o resgate do serviço ou produto comprado, com benefício ao comprador, em uma data posterior.

Errar te ajuda a aprender

O grande problema, na verdade, é que as pessoas acabam se frustrando quando uma de suas ideias não dá certo inicialmente. Devemos lembrar que todos estão preocupados com um futuro incerto, então cada projeto que não vinga, acaba tirando um pouco de suas esperanças. Para isso temos uma resposta: não basta tirar fotos do seu produto, pensar em promoções mirabolantes ou sair desesperadamente postando tudo no Instagram. Negócios online precisam de estratégias sólidas, análises assertivas, tentativas constantes e erros mais constantes ainda. Errar é aprender.

Conheça o seu cliente

O sucesso destas empresas dependerá exclusivamente de sua capacidade em enxergar três fatores muito importantes: qual o seu público, como ele consumirá seu produto e como chegar até a ele. Você conhece os hábitos do seu consumidor? Sabe quais redes sociais ele utiliza e com qual frequência ele o faz? É normal ainda não saber, porém é fundamental que daqui pra frente você saiba.

Em tempos de colaboração, mais do que vender você deve ser um agente de transformação. Não venda apenas, auxilie de alguma forma o seu público. Sabia que nem todos sabem como ocorre a transmissão do vírus? É muito legal por parte de sua empresa destinar seu espaço para informar as pessoas. Ceda seu espaço para proporcionar conhecimento e tornar o mundo um lugar melhor.

Estamos juntos nessa!

———————–

Acompanhe nosso blog para mais dicas e orientações sobre marketing, redes sociais, cores, marcas e muito mais.

Open chat
1
Fale conosco. Temos uma solução sob medida para sua empresa.
Powered by